Governança de TI

Gestão / Sem categoria

O assunto Governança de TI tem sido bastante debatido dentro das empresas, principalmente dentro do core diretivo.

governança de ti

Vamos retornar um pouco ao passado, lá em 2006 e entender o que se falava sobre este assunto naquela época:

Isto tem ocorrido frequentemente com os CIO’s e principalmente por decorrência do aumento no investimento em Tecnologia da Informação (a famosa TI) nas empresas e da importância crescente da TI para os seus negócios.

De acordo com pesquisas realizadas pelo MIT-CISR, na América do Norte e Europa Ocidental tem ocorrido aumento de investimentos em TI e, atualmente, na média, 4,2 %  da receita anual das empresas são investidos em TI. No Brasil, o investimento médio em TI foi, em 1988, 1,3% da receita líquida, enquanto em 2003, esse valor subiu para 4,9% de acordo com dados da FGV-EAESP.

Atualmente, a TI está completamente permeada nas empresas. Existe demanda de TI em todas as áreas das empresas. TI é pervasiva e cara. Por isso, seus lideres têm a expectativa de que novas tecnologias devem trazer novas Oportunidades de Negócio.

De acordo com pesquisa realizada pelo MIT-CISR, empresas com estratégias focadas e Governança de TI boa têm 20% mais lucros que outras empresas que seguem estratégias similares. Mas o que é Governança de TI ? Existem duas importantes referências, que devem ser mencionadas:

  • MIT – CISR: Governança é determinar sistematicamente quem toma cada tipo de decisão (direito de decisão), quem fornece subsídios ou informações para a tomada de uma decisão (direito a participar) e como essas pessoas (ou grupos) são cobradas por suas decisões.
  • COBIT : Define uma estrutura de relacionamentos e processos para direcionar e controlar a empresa, objetivando alcançar os seus objetivos de obtenção de valor e minimização de riscos de TI e seus processos.

Resumidamente, podemos dizer Governança de TI tornou-se um importante processo na obtenção e preservação do valor do negócio de TI. O valor do negócio de TI é obtido através do alinhamento estratégico de TI e os negócios; e a preservação do valor do negócio ocorre mediante o gerenciamento de riscos de TI e seus processos.

Fonte: ITWeb.

governança de ti - 2Esta era a realidade de 2006. Mas e agora? Já estamos em 2011 e o que a governança de TI significa para as empresas? Muitas pessoas, assim como eu, acreditam que a teoria é muito bonita no papel, porém que na vida real tudo não passará de mais um projeto falho, mal implementado e cheio de remendos. Claro que será esse o final caso não existam pessoas competentes e principalmente comprometidas com o sucesso.

O fato é que não existem dúvidas a respeito de que a TI beneficia todos os negócios de hoje em dia. Fadado ao fracasso estará quem ainda não entendeu esta premissa. Porém, a mensuração real do verdadeiro valor gerado é um detalhe crítico e que nem sempre é possível. Para gestores que trabalham com indicadores isto é inaceitável, pois perderiam o controle da situação.

Claro que a nomenclatura “Governança de TI” assusta muita gente, porém muitos pontos são mais simples do que imaginamos. Nem todas empresas precisam de processos burocráticos com dezenas de passos e autorizações, mas o fato é que todas empresas precisam de processos. É neste ponto que entram as empresas de consultoria que são capazes de realizar uma análise prévia de sua empresa e elaborar um estudo de viabilidade, indicando os pontos iniciais para que você e seus negócios se pre-adaptem-se para a realidade atual, e em um futuro próximo partir para um gerenciamento mais complexo.

Galegale & AssociadosNós da C0D1X tecnologia tivemos a oportunidade de conhecer a equipe da Galegale & Associados, especialista em Governança de TI. Com cases de sucesso que vão desde corporações bancárias à grandes indústrias líderes de segmento, é uma consultoria competente e que entrega resultados, e que agora está trazendo seus produtos também para as pequenas e médias empresas que precisam alavancar os negócios e já entenderam o valor da TI.

Nós assinamos em baixo.

Conheça mais visitando: http://www.galegale.com.br.